segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

PROVE!


   Eram 17:03 do dia 19 de Dezembro do ano de 2010.
Inicialmente era uma conversa virtual normal, de amigos, conversa vai e vem...
E quando caio em mim, já estava correndo pra lá e pra cá - E ligando, e meio que desesperado, enfim... Parecia surreal mas não era.
Eis que começam a surgir as dúvidas, as incertezas, a preguiça e as circunstâncias que veem, nessas horas, como uma tempestade sobre um domingo radiante de sol...
Ah mas era fraqueza demais desistir diante de tudo isso, já que a união de dois corações à um terceiro e o sentimento de amizade e amor, pulsava mais forte... Era mais forte que nós!!!
Já eram 17:28 e estava falando com a mãe do terceiro coração, e disse: 
Não conte nada, NOSSO SEGREDO! Tudo certinho, agora era correr contra o tempo e estar lá 18:00, nossa... Foi mais intenso que pude imaginar, mas a essa altura tinha a confirmação que meu corpo pedia, tava muito tenso, enfim... Ancioso!
  MOTOTÁXI... Chegou na hora certa, parecia que isso já estava escrito em NOSSAS HISTÓRIAS, só que de uma forma inusitada e verdadeira...
Tudo estava bem.  Cheguei, não havia ninguém ali, agora o que tinha de fazer era esperar e nos escondermos para que a emoção invadisse aquele espaço.
Ela chegou, ai ai... Bastava apenas o terceiro coração, o alvo...
Fomos, nos escondemos e conversamos e rimos, e nos emocionamos de tal forma, que lágrimas não puderam ser expressas, agora não!!!
Telefone toca... Eu disse: *É ele... E era ele!
Ela: Não vou conseguir disfarçar, não vou conseguir mentir*... Mas conseguiu, tadinho... O terceiro coração parecia parar de bater a medida que sentia sua outra metade tão distante!
Agora que já havíamos localizado-o era nos preparar e ir ao seu encontro... Calma!!!
  Era mais forte a cada passo, era como se caminhassemos tanto, nadado um oceano para estar alí, diante daquilo que fazia nosso coração continuar batendo, pulsando com a mesma intensidade e alegria...
Era chegada a hora, todos olharam... Meu coração disparava, pensei que não suportaria e em minha face se formaram sorrisos, e sim pudemos sentir NOSSOS CORAÇÕES SE UNIREM, OS ABRAÇOS, AS PALAVRAS, O SUSTO, O ENCANTO, A INSPIRAÇÃO!!!
  Registramos aquele momento com uma fotografia, que por mais que insignificante, acabou transmitindo um pouco da NOSSA alegria, NOSSOS olhos brilhando... Só não, os NOSSOS CORAÇÕES INCHADOS de amor eterno - Por um amigo, Pela outra Metade!

continua...

3 comentários:

  1. gostei muito da historia, emocionante *-*

    ResponderExcluir
  2. Que história linda, ameei. Quero continuação. *--*

    ResponderExcluir
  3. Foi dificil..mas conseguimos!!!
    Faremos outras aventuras...

    ResponderExcluir